maybe, maybe…

 

Até quando esperar?
Até quando esperar se nada mudou, se nada te importa?
Até quando esperar se é complicado te dizer alguma coisa?
Até quando esperar se já se perdeu, se ficou pra trás?

Mas não é nossa culpa, não é desculpa. Pois eu sei que uma só força da fração do seu amor, desse amor que só acontece quando realmente se quer, é grande, é como se fosse um “eu te amo” na primeira semana. 
Ouvir um “eu te amo” na primeira semana faz disparar seu coração, despeja na corrente sanguínea adrenalina suficiente pra você nunca ter que pular de paraquedas na vida, te faz sentir vivo.
E mesmo sabendo que toda a riqueza que anda por aí tá nas mãos erradas, que existe corrupção, que existe injustiça, a força de um “eu te amo” na primeira semana nos dá a certeza de que juntos nós vamos ganhar o mundo.
Ainda que hoje seja um dia comum.
Voluntários da Pátria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

O eu insólito ...

Jaqueline Bastos

LEONARDO KATONA

Professor e Historiador. Completamente perdido por ai....

S.O.S Srta Brito

DICAS DIY, MODA, BELEZA, DECORAÇÃO E SAÚDE.

@xykosanto

eu não estou interessado em nenhuma tiuria

Universo Inconsequente

"Assim como o universo somos inconstantes e infinitos a serem descobertos."

Consultoria Rodrigo Nitzke

Mailing de alta qualidade através do LinkedIn

Alugue Sorrisos

Muito amor e sorrisos <3

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close