azedume

Tira esse azedume do meu peito e com respeito trate minha dor.

… tic tac, tic tac, tic tac.

o tempo voa, não é mesmo? estou sentada há horas olhando para o porta retrato que tem aquela nossa foto, aquela que você gosta, e toda vez que olho, penso “como?”. você apareceu do nada ou você sempre esteve aqui? não sei medir. não sei mais medir o tempo e muito menos a sua infinitude. não sei medir as horas, os segundos e a escassez do relógio.

sei que você apareceu, surgiu. me abraçou. me comprometeu. tirou de mim uma fagulha, um gás. me encheu de vontade, de esperança. você apareceu. apareceu sorrateiro, como quem não quer nada. me ouviu. quis saber da minha história. quis conhecer minhas manias. apareceu. me tirou de mim. e… 

despertou uma doçura que há tempos eu não vivia. eu gostei, eu senti, eu me permiti. mas… o que? o quê?

sobre o querer das coisas… querer eu quero, mas e…  isso tudo, significa o que? precisa significar? não fazia tempo que conversava com uma amiga, aquelas que servem pra você se abrir e aconselhar e nesse dia, dizia o quanto era difícil acreditar que o ideal era não ir contra nossos sentimentos. aquele dia, havia descoberto que “aceitar, doía menos”. acho que antes de gostar de alguém eu sempre preciso gostar de mim. não só gostar, mas cuidar. cuidar dessa pequena pessoa que se impõe tanto, que se enxerga com dois metros de altura, não tendo nem 1,60 m direito… 

eu me assustei. me assustei com a sua presença e fugi de você. fugi de mim também, mas de você… foi prioridade. pois, pra ficar com você, eu precisava querer estar. e eu demorei pra entender e aceitar que eu queria estar. e você tinha ido. viver sua vida pois se assustava com essa minha mania de entender que você podia ir, sem dizer às vezes “fica”. 

acho que é por isso que estou sentada há horas olhando para o porta retrato que tem aquela nossa foto, aquela que você gosta, e toda vez que olho, penso “como?”.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

O eu insólito ...

Jaqueline Bastos

LEONARDO KATONA

Professor e Historiador. Completamente perdido por ai....

S.O.S Srta Brito

DICAS DIY, MODA, BELEZA, DECORAÇÃO E SAÚDE.

@xykosanto

eu não estou interessado em nenhuma tiuria

Universo Inconsequente

"Assim como o universo somos inconstantes e infinitos a serem descobertos."

Consultoria Rodrigo Nitzke

Mailing de alta qualidade através do LinkedIn

Alugue Sorrisos

Muito amor e sorrisos <3

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close