ce ne sont pas mes gestes que j’écris c’est moi c’est mon essence.

meus planos não eram elaborados, mas incluíam pizza, banhos e uma taça de vinho ou outra. também incluía uma tarde no parque e uns finais de semana em algum canto da cidade. sentia vontade de fugir da rotina, de ir a novos lugares e ver novos rostos… talvez você quisesse isso pra você, talvez não.

meu plano não envolvia mágicos e astronautas, mas envolvia algumas pessoas. uns conhecidos meus, outros seus. alguns amigos, alguns familiares. talvez até pudesse incluir animais de estimação, mas somente o meu. nada complexo e nada que nos déssemos muita responsabilidade. não queria algo tão ‘pesado’. as coisas leves são mais contagiantes.

sempre disse que de amarga já basta a vida e o meu copo de café, e não tinha mais um porque de ser o contrário… afinal de contas, por que estamos tendo essa conversa mesmo? você dizia coisas desconexas enquanto bebericava seu copo de cerveja e mexia no celular. eu não entendia muito, mas só queria estar ali. talvez eu tenha mudado o plano e não tivesse percebido.

meu plano não exigia uma grande dedicação, era singelo e simples. talvez mais singelo do que simples, mas eu pensava nele todo dia… calma lá, não todos os dias. ele precisa ser leve, nada elaborado. ah, ele não precisa dar certo, muito pelo contrário… eu até queria que ele desse errado. era só um plano mesmo, né?

você sorriu e me contou coisas… cantarolei dentro de mim  e sempre, como de praxe, me desligava enquanto te ouvia. eu gostava de te olhar com frequência, de sorrir com frequência, de te abraçar com frequência. isso não fazia parte do plano.

quando eu fechei os olhos e disse ‘que assim seja’, vi que não fazia sentido ter planos e se o plano é não ter planos, seja esse o plano mais complexo, ou leve, ou que eu queira que dê certo. ou que não dê certo. que inclua finais de tarde e dias de sol, que exclua familiares. que tenha mais animais de estimação do que eu possa imaginar e que tenha o minimo de esforço possível. que seja, que só seja.

até mesmo, como eu dizia… por que estamos tendo essa conversa mesmo?

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s