eu só queria…

Eu sou como o velho barco que guarda no seu bojo,
O eterno ruído do mar batendo…
No entanto, como está longe o mar e como é dura a terra sob mim.
Felizes são os pássaros que chegam mais cedo que eu à suprema fraqueza
E voando caem, felizes e abençoados, nos parques onde a primavera é eterna.

(Trecho do poema ‘O Incriado’, de Vinicius de Moraes)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

O eu insólito ...

Jaqueline Bastos

LEONARDO KATONA

Professor e Historiador. Completamente perdido por ai....

S.O.S Srta Brito

DICAS DIY, MODA, BELEZA, DECORAÇÃO E SAÚDE.

@xykosanto

eu não estou interessado em nenhuma tiuria

Universo Inconsequente

"Assim como o universo somos inconstantes e infinitos a serem descobertos."

Consultoria Rodrigo Nitzke

Mailing de alta qualidade através do LinkedIn

Alugue Sorrisos

Muito amor e sorrisos <3

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close