Para todas as pessoas que amei…

Abrace a realidade e permita-se ser quem você realmente é.

… nessa e em outras vidas, precisava dizer obrigada!

Houve um tempo que algumas coisas não fariam sentido, nem tampouco me imaginaria onde estou. Houve um tempo que a infinitude da vida não seria calculada, minhas palavras não seriam medidas e minha paciência mensurada. Houve um tempo que eu me jogava e me despedaçava, me sentia livre e sem preocupações, mas sempre soube que esse tempo acabaria. Se cessaria de tantas formas que é imensurável calcular como.

… sinto dor e certezas.

Talvez eu tivesse que ter tido outra postura, mas é inevitável não lembrar de todos vocês em algum momento de minha vida e de quantas e tantas vezes que eu sorri ao lado de vocês. Fui deveras feliz, mas sempre em alguma esquina qualquer, a tristeza me acomete de maneira que ainda não sei lidar.

… de todas as pessoas que amei, muitos foram essenciais para cavar esse buraco em meu peito.

Já aprendi que o amor é necessário, é com essa energia que nos movemos em busca de algo que nos preenche. Por vezes acreditei que a vida seria muito e que o amor de meus pais, aquele amor que se admira, fosse fácil de ser encontrado.

… de todas as pessoas que amei, muitas eu perdi.

E nessa confusão de perdas e ganhos, a gente desiste de lutar. Quantas e quantas vezes me peguei sozinha imaginando que tudo seria diferente e eu teria paz? Falha minha acreditar que o amor nos causa paz. O amor acolhe, acende,  traz alegria… A paz é quando não sentimentos todas as inseguranças que o amor é capaz de nos causar.

De todos os males da alma, o amor e o medo de não ser amado, é o que mais causa mal estar.

… de todas as vezes que amei, nunca tive com o que não me preocupar.

Os olhos se enchem d’água e por vezes acreditei que seria a última vez da penúltima vez da antepenúltima que choraria. Me prometi em vão. Sempre existe algo errado e sempre percebi quando na verdade buscava o contrário, ter paz naquele amor que tantas e tantas vezes acreditava.

Me recordo de vezes que disse eu te amo e na fluidez que o sentimento se materializava em palavras, em como eu me sentia e a liberdade de poder expressar tamanha admiração. Me sentir privada em amar é como se passasse a medir a intensidade de viver, como em um conta-gotas passei a acreditar que domar e tomar seria o ideal, por tantas vezes que me magoar e sofrer fossem coisas que eu nunca quis pra mim.

… de todas as pessoas que já amei, desisti me apaixonar.

A vida é feita pelo acaso das coisas, dos encontros e das pessoas, dos abraços que acolhem e das despedidas que machucam. Das investidas e dos reencontros com o passado, das histórias cruzadas e das perdas e ganhos. Talvez seja por isso que eu não sinta mais vontade de me apaixonar por ninguém, não que seja mal, mas já fui tão apaixonada pela vida, que o que me resta é viver em busca de paz.

… de todas as vezes que…

Encontrar e conhecer. ME CONHECER! Viver cada segundo de cada momento e aproveitar aquela sensação de paz, ou às vezes de furor, a euforia de estar feliz e bem e saber que isso não pode sucumbir a minha vontade de dividir o tempo, o pensamento, o coração com alguém. O meu desejo é ser mais do que posso ser e poder transbordar a alegria de estar com quem eu quero em algum lugar. Sem grandes tormentos, só apenas em paz.

… por todas as pessoas que amei, que sofri, que me despedacei, de abracei, que encontrei, que mais do que amei. talvez agora eu só queira me amar.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

O eu insólito ...

Jaqueline Bastos

LEONARDO KATONA

Professor e Historiador. Completamente perdido por ai....

S.O.S Srta Brito

DICAS DIY, MODA, BELEZA, DECORAÇÃO E SAÚDE.

@xykosanto

eu não estou interessado em nenhuma tiuria

Universo Inconsequente

"Assim como o universo somos inconstantes e infinitos a serem descobertos."

Consultoria Rodrigo Nitzke

Mailing de alta qualidade através do LinkedIn

Alugue Sorrisos

Muito amor e sorrisos <3

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close