Me peguei vendo suas fotos e sorrindo, me peguei pensando em nós dois. Sentada tomando café da manhã, me peguei pensando em você. Comecei o dia como qualquer outro, mas algo em mim dizia o quanto queria falar com você. Me peguei rindo de algo que imaginei que você fosse rir, e sem explicação, comecei a desenhar um plano para nosso fim de semana que não existe.

Comecei a me vestir para ir ao trabalho, pensando no que poderíamos falar durante o dia. Pensei que você quisesse saber que meus dias estão tristes, mas quando penso em você, tudo se ilumina. Pensei em te contar que talvez fizesse sentido aquela viagem, sim, aquela! Tenho sentido a necessidade de sair por aí. Também cogitei que poderíamos cozinhar esse fim de semana, peguei uma receita nova no Tastemade e acho que você iria gostar. Tem queijo e muito molho. Quem não gosta de queijo?

As festas de fim de ano se aproximam e pensei no seu presente de natal. Até montar uma árvore no seu apartamento, aposto que você iria gostar. Decoração com bolas douradas e alguma coisa que se remetesse à tudo que você gosta. Poderíamos customizar os enfeites e, uns dias antes do dia de natal, deixaria na árvore o que eu teria comprado pra você. Acumularia presentes, já que você merece o mundo…

Cheguei no trabalho e pensei que essa música nova que estou ouvindo, poderia fazer parte da playlist. Aquela do spotify com uma série de seguidores. Esqueço o quanto as pessoas gostam do seu gosto musical, que por sinal, é excelente. Também fui almoçar e vi que deveria me alimentar direito, você ia gostar disso.

O dia acabou e pensei que poderia passar na sua casa, assistiriamos um filme e hoje, apenas hoje, abriria mão de ir para a academia. Seria bom passar a noite com você, só nós dois. E no fim de semana, acordaria e voltaria para a casa completamente diferente. Teria feito tudo que havia imaginado e com certeza, seriamos aquele casal que imaginei que fôssemos.

A diferença é que pensei em tudo isso, enquanto olhava uma única foto sua com a pessoa que está do seu lado. Hoje, deitada, acordando do seu lado e dizendo o que eu imaginei que um dia eu diria.

Eu ainda não sei qual a graça de pensar tanto, mas às vezes, queria sentir o alívio de não querer ser essa pessoa. Essa pessoa, essa que tá com você agora, enquanto eu só imagino tudo isso.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s