depois de algum tempo;

http://www.youtube.com/watch?v=bsFCO8-oCEQ dia a dia reescrevo minha história, com um toque de mau humor e sadismo. me encontro em linhas desconhecidas, me vejo envolta de pessoas que jamais imaginei que surgiriam… e surgirão. conheci, reinventei, redescobri. me olho no espelho e vejo um alguém diferente, um olhar triste, um grito em meio ao caos. reescrevo o … Continue lendo depois de algum tempo;

azedume

Tira esse azedume do meu peito e com respeito trate minha dor. … tic tac, tic tac, tic tac. o tempo voa, não é mesmo? estou sentada há horas olhando para o porta retrato que tem aquela nossa foto, aquela que você gosta, e toda vez que olho, penso “como?”. você apareceu do nada ou … Continue lendo azedume

Além do que se vê…

Um dia, quando ainda era criança, ganhei um livro de poesias que tinha o soneto de fidelidade, do Vinicius de Moraes. Nesse dia, o li e não conseguia interpretar a coerência do ‘dele se encante mais meu pensamento’. Não fazia sentido pensar dias à fio em uma única pessoa. Quando se tem 10 anos, o … Continue lendo Além do que se vê…