um dia qualquer.

Deu aquele nervosismo natural. As mãos ficaram geladas e suadas. Eu comecei a me preocupar com o que poderia acontecer. Era tão insensato ficar com isso na mente e dentro de mim, algo me dizia "não se preocupe". Teu abraço, eu adoro, sabia? Rimos tanto e brincamos tanto e ao mesmo tempo, eu sei, que … Continue lendo um dia qualquer.